Álbum de Fotos

ARTIGO.

FOTOS DE ILÍCITOS COMETIDOS NO ÂMBITO DAS FERROVIAS EM ESTADOS DO SUL.

           As ferrovias como todos já tem conhecimento, estão desamparadas, e sem o devido policiamento propicia e agiliza atos delitivos; Deve-se lembrar, que à décadas o policiamento ostensivo e fiscalizador, foi amplamente coibido por ordens superiores incluindo o ministério gestor de regramentos viabilizadores; No fio de contato desta anomalia trabalhista, estavam pelegados nas empresas ferroviárias (RFFSA E OUTRAS), superintendentes, engenheiros chefes de departamentos e diretores da PFF com alguns capachos supervisores, é claro, acabrestados por uma única razão, salvarem seus empregos e salários. Hoje o que se verifica, não foge muito do que outrora ocorria, proprietários de concessionárias mancomunados com pessoas influentes no governo central, lutam acirradamente em manter a PFF no limbo e as ferrovias livres de policiamento e fiscalizações, sonegando sistematicamente impostos; Por outro lado tal iniciativa, viabiliza de forma cabal o contrabando, tráfico de drogas e armas e ainda, saques aos trens cargueiros.
        A América Latina Logística operando nas malhas do sul, já não contrata mais seguros, tomando para si o ônus das violações de cargas e promovendo uma verdadeira aberração na segurança de composições, colocando como seguranças, policiais militares (bico) indo contra leis, decretos, a constituição e ainda, levando as ocorrências às policias civis quando o certo seria ao Ministério Público federal PF (vide recomendação da PGR). Estamos montando um dossiê bomba e levaremos ao conhecimento do Ministério da Justiça, e se optarem pela protelação da regulamentação do DPFF, colocaremos no colo do Ministério Público federal e meios de comunicações.